Seguidores

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Reflexão


O guerreiro da luz sabe que, como dizem os tibetanos, “não é preciso uma experiência mística para descobrir que o mundo é bom”. Basta perceber as coisas belas e simples à sua volta.
Quando tem medo, o guerreiro concentra-se nos pequenos milagres da vida diária. Se é capaz de ver o que é belo, é porque traz a beleza dentro de si – já que o mundo é um espelho, e devolve a cada homem o reflexo de seu próprio rosto.
Embora conhecendo seus defeitos e limitações, o guerreiro faz o possível para manter o bom-humor nos momentos de crise. Afinal de contas, o mundo está se esforçando para ajudá-lo, mesmo que tudo à sua volta pareça dizer o contrário.

K'UNG FU-TZU  (551 - 479 a.C.) "Confúcio" (na versão latinizada do nome chinês)

6 comentários:

  1. Todos os dias e todas as manhãs acordo com estes propósitos. Procurar e amar a beleza do mundo.
    Procurar e viver as coisas boas e elas interiorizando-as e devolvendo-as posteriormente num sorriso simples mas constante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perceber e dar valor às pequenas coisas à nossa volta é um ato simples mas de um resultado imensamente grande na nossa busca de sermos melhores a cada dia.
      Obrigada pela visita e pelas palavras
      Um beijo

      Excluir
  2. Adorei, belíssima reflexão!

    Saudações

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita e pelo comentário.
      Beijos

      Excluir
  3. Hoje te visito com o meu outro blog!!rss

    Que possamos todos nós, sermos guerreiros de nós mesmos, defendendo nossos bons princípios, e combatendo o mal que por ventura aida existe em nós!
    Bela reflexão!

    Beijos, amiga!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria Lucia, essa a nossa maior luta, que venceremos com certeza.
      Obrigada pelo carinho da visita e pelas palavras.
      Um beijo

      Excluir

Obrigada por me visitar,deixe um comentário.
Um beijo